Existem mulheres graciosas, delicadas, calmas, de gestos lentos e fala baixa. Princesa Diana era assim.

Existem mulheres engraçadas, que fazem piadas inteligentes e que conseguem angariar admiração, principalmente da ala masculina. Bom, não me lembro de nenhum exemplo agora.

E finalmente existem mulheres que são praticamente um rolo compressor. Falam o que vem à cabeça e, geralmente, dão fora. Que riem escandalosamente de piadas sem graça, das quais ninguém dá risada. Também fazem palhaçada com o humor mais debochado que há e parecem um tornado por onde passam: carregam tudo o que cruza o seu caminho. Um exemplo? Eu, obviamente.

Cada dia da minha existência se resume à descoberta de mais um "talento" para o desastre. Como se já não bastassem as topadas de perna na quina da mesa e os chutes no pé da cama, agora descobri que faço objetos voarem.

Sério.. dia desses, no trabalho, quase parti em mil o aparelho de telefone da minha mesa. Atendi à chamada, simpática como sempre, e a pessoa disse que queria falar com alguém que estava do oooooutro lado da sala. Passei a ligação e fui avisá-lo. Magicamente, o telefone enroscou no meu cachecol e eu não vi. Quando levantei e saí andando, o telefone, depois de se pendurar no meu cachecol, voou da mesa por alguns metros e foi parar no meio da sala, com um barulho gigante. E é óbvio que a sala estava cheia.

Oi? Alguém tem uma pá pra eu cavar um buraco e me jogar lá dentro?

E os foras? Um colega meu, outro dia, estava falando da época em que estudava e disse que sentava no fundão. Eu e minha boca grande: "Mas quem senta no fundão é sempre os maloqueiros, que não querem saber de nada". Sem preconceitos, eu tb fui da galera do fundão e fiz a piadinha na boa, pra brincar mesmo. Porém, enquanto as palavras saíam da minha boca, passou uma flash repentino na minha cabeça que me fez concluir em segundos que talvez ele se sentisse ofendido por eu ter, delicadamente, o chamado de MALOQUEIRO...

Esse meu "Bridget Jones lifestyle" me mete em cada uma. Indeciso Espero então encontrar logo o meu Mark Darcy, porque do jeito que a coisa anda, meu fim vai ser bem diferente do dela.

Meninas, vocês também agem como um caminhão sem freio? Com que frequência? Sempre? De vez em qdo? Já nasceram assim?

Homens, o que se passa na mente de vocês quando se deparam com mulheres assim? Encaram? Saem correndo? Passam assobiando, fingindo que nem é com vocês? Insatisfeito

É apenas uma curiosidade... Só pra saber *A sabichona que sempre quer saber e entender de tudo*

Eu sei que esse papo de "Temos que nos aceitar do jeito que somos" é lindo... NA TEORIA. Porque na prática, Às vezes, a vergonha é tanta que eu tenho vontade de sair do corpo e sumir no mundo. Carente

 

 



21:36 |

É.. agora ele se foi de verdade. Não sei porque, mas pra mim, as pessoas só morrem, de fato, quando são enterradas. É como se ali fosse o ponto final mesmo, onde nenhuma possibilidade de volta possa existir. Eu juro que ainda ia achar  graça se o Micheal Jackson aparecesse na TV dizendo: "Ahá, peguei vocês..." ou coisa do tipo... Mas agora não tem mais jeito mesmo. Ele foi mesmo...

O memorial foi muito bonito e o respeito e silêncio das pessoas foi surpeendente. Chorei litros, confesso, mesmo estando no trabalho. A filha dele falando acabou comigo... Sempre que sei de alguém que perdeu o pai, meu dia acaba ali mesmo. Decepção

Bom... mais um que se foi. Mais um que deveria ter dado a passagem de ida pra alguma tranqueira que tá por aí perdida, ocupando espaço no mundo, sem fazer nada de bom.

Agora sim.. É mesmo R.I.P Michael! Espero que agora te deixem em paz de verdade! Aproveita e diz pro meu pai aí em cima que o negócio aqui embaixo tá cabeludo e que é pra ele fazer o favor de mandar umas ajudas daí de cima, fafavô! Gradicida!

 



21:49 |
Design e Desenvolvimento por mhilka © mhilka.zip.net . Layout exclusivo . Proibido copiar